ITNJ- Cursos livres teológicos. Dísciplinas compostas de conhecimentos bíblicos e sobre vários temas históricos e atuais. Cursos presenciais e a distância informações pelo instnj@hotmail.com

sábado, 28 de janeiro de 2012

OS DONS MINISTERIAIS

   VOU POSTAR NOS PRÓXIMOS DIAS VÁRIAS PUBLICAÇÕES SOBRE OS DONS ESPIRITUAIS:

EFÉSIOS 4:11 "E Ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores".

1o.) O DOM MINISTERIAL DE APÓSTOLO - O termo APÓSTOLO significa literalmente enviado. No original, o verbo e o substantivo aparecem em versículos aos HEBREUS 3:1; JOÃO 20:21; MATEUS 10:15; LUCAS 6:13; ATOS 13:4; ATOS 14:14; GÁLATAS 1:1,19; ROMANOS 16:7; 2o. CORÍNTIOS 8:23 e FILIPENSES 2:25.
    Nos dois últimos textos o termo não aparece no sentido ministerial.
     O APÓSTOLO é a mais alta ordem na escala de ofícios do ministério nas páginas do Novo Testamento (1o. Coríntios 12:28; Efésios 3:5 e Efésios 4:11).
     A diferença de ministério entre o Apóstolo e o Evangelista está bem definida em Atos 8, na evangelização de Samaria. No ministério de Felipe como Evangelista, destaca-se a pregação e a conversão dos pecadores (Atos 8:5 à 13). No ministério de Pedro e João como apóstolos, destacam-se o estabelecimento firme da obra e a consolidação dos resultados da evangelização (Atos 8:14, 25).
     De fato, em Gálatas 2:9, Pedro e João, apóstolos, são tidos como colunas.
     Os apóstolos têm sua liderança espiritual confirmada por provas e sinais (2o. Coríntios 12:12). Eles lançam os fundamentos iniciais de uma obra através da doutrina e da liderança (1o. Coríntios 3:10 e Efésios 2:20). São eles que estabelecem, no início do trabalho, os fundamentos da doutrina (Atos 2:42) e proveem a adequada liderança espiritual.
     O apóstolo vela com cuidado pela obra, no sentido geral e coletivo inclui viagens e comunicação constante com a obra. Vemos isso no livro de Atos, nas epístolas e através da História da Igreja. Os apóstolos, em virtude de sua missão, eram móveis. Não se fixavam em um lugar. Eram Embaixadores de Deus.
     O ministério apostólico também é caracterizado pela elevada autoridade conferida pelo Senhor (Atos 1:2 e 2o. Pedro 3:2). A autoridade apostólica está sobre todos os demais ministérios (1o. Coríntios 12:28). Nesse sentido, os apóstolos são "LIVRES" para executarem serviços especiais de grande importância na Igreja (1o. Coríntios 9:11).
     Os doze apóstolos do Cordeiro formam um grupo distinto (Judas 17). Eles colocaram o alicerce da Igreja (Efésios 2;20 e Apocalipse 21:14). São apóstolos num sentido único.
     Alguns exemplos de apóstolos da Igreja independente do grupo dos doze chamados apóstolos do Senhor: PAULO e BARNABÉ (Atos 14;14), Andrônico e Junias (Romanos 16:7), e Tiago, irmão do Senhor (Gálatas 1:19).
     O próprio Paulo se declara apóstolo em Romanos 1:1 e Coríntios 1:1.

     Nas próximas publicações abordaremos um a um, os ministérios de: Profeta, Evangelista, Pastor e Mestre.

     Deus os abençoe através destas publicações.

     Fiquem na paz de Jesus.

     Pr. Dalmo M. Dourado - ITNJ   

2 comentários:

  1. Postou sobre dons; recebi mensagem hoje no face sobre dons, e no culto "Dons", então que seja feita a vontade Dele.

    Te amooooooooooooooooooooooo
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Então vamos ver se entendi...o evangelista "joga a semente" e o apóstolo cuida, faz a manutenção depois que ela brotou e rega a terra com os ensinamentos para fixar a raíz né!

    Bacana o post..vou aguardar os próximos!
    bjs e muita paz de Jesus pro Senhor e pra Belinha!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário ele será muito importante. Obrigado pela sua visita

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...