ITNJ- Cursos livres teológicos. Dísciplinas compostas de conhecimentos bíblicos e sobre vários temas históricos e atuais. Cursos presenciais e a distância informações pelo instnj@hotmail.com

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Um profeta foge de Deus


“Esconde-esconde” é uma brincadeira apreciada por crianças. Uma das coisas mais divertidas dessa brincadeira com a criançada é o fato de que muitas vezes elas escolhem lugares nos quais partes do seu corpo permanecem visíveis. Melhor ainda, às vezes você vai à procura e logo encontra a criança. Parece que para elas é possível ver você sem que você as veja.

            Embora Jonas devia ter sabido disso, ele pensou que podia esconder-se de Deus ao refugiar-se no fundo de um navio – ou na barriga de um grande peixe que ia para a Espanha. Consequentemente, o livro de Jonas está repleto de aventura, suspense e intriga. Mas não se engane. A mensagem desta história não trata de um navio rumando para oeste, de uma tempestade quebrando a embarcação, nem mesmo de um grande peixe.
 A história de Jonas lembra-nos que, onde quer que estejamos, seja o que for que estivermos fazendo ou pensando, não podemos nos esconder do Deus vivo. Ele conhece muito bem os nossos esconderijos mais secretos – sejam eles físicos, mentais ou emocionais. Ele nos encontra.

            O aspecto maravilhoso é que Deus pode e de fato nos escolher para sermos seus instrumentos – temerosos como somos – para realizar os seus propósitos, sejam estes quais forem.

            Um conselho pastoral para você: “Nunca tente esconder-se de Deus. O seu olhar é como chama de fogo. É Ele o único ONIPRESENTE e ONICIENTE.”

            Deus abençoe a todos.

            Pr. Dalmo Micielli Dourado - ITNJ

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

CRISTO TRIUNFARÁ SOBRE O MAL

 
Cada final de ano, auditórios e ginásios de colégios e faculdades organizam cerimônias para os jovens que concluíram com sucesso os estudos. Os formandos usam roupas especiais, às vezes capelos ornados com borlas e recebem seus diplomas que selam o significativo resultado obtido. Em certas culturas, essa conclusão é chamada de começo, que significa “iniciação” ou “ponto de partida”. Essas cerimônias não sinalizam tanto o fim de uma era mas o começo de outra. Os formandos iniciam uma nova vida.

Pelo fato de encontrar-se no final da Bíblia, alguns consideram o livro do Apocalipse a linha de chegada – o final da história. Sabemos que é mais do que isso, não é verdade? A nossa vida aqui na terra representa apenas as tarefas realizadas no decorrer do curso. Passamos apenas alguns poucos anos sentados na biblioteca, assistindo às aulas e realizando provas. Mas, o Apocalipse é a nossa iniciação. É a inauguração. Estamos nos preparando para viver a eternidade.

Muitos se prepararam para o fim do mundo com data e hora determinados. Mas, segundo as Escrituras Sagradas, o próprio Deus Filho, afirma: “...o dia e a hora ninguém sabe, somente o nosso Deus, que está nos céus.”

 Portanto, eu te convido, não pense no fim do mundo e sim no começo da sua eternidade: com Deus ou sem Ele.

Deus abençõe a todos.

Pr. Dalmo Micielli Dourado - ITNJ

domingo, 12 de agosto de 2012

IGUAL AO PAI

ATOS 9:1 à 8 "Saulo, respirando ainda ameaças e morte contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote e lhe pediu cartas para as sinagogas de Damasco, a fim de que, caso achasse alguns que eram do Caminho, assim homens como mulheres, os levassem presos para Jerusalém. Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco, súbitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor, e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer. Os seus companheiros de viagem pararam emudecidos, ouvindo a voz, não vendo, contudo, ninguém. Então, se levantou Saulo da terra e, abrindo os olhos, nada podia ver. E, guiando-o pela mão, levaram-no para Damasco. esteve três dias sem ver, durante os quais nada comeu, nem bebeu."

Você estava se escondendo no seu quarto, mas o tom de voz de seu pai disse tudo. Ele lhe chamou pelo nome completo. Você foi pego e sabia disso.

O apóstolo Paulo teve uma dessas experiências.

Quando você e eu somos confrontados com os nossos próprios pecados, nós desafiamos a Deus e continuamos agindo como queremos. Ou reconhecemos os nossos pecados e nos rendemos a Deus escolhendo nos arrepender e seguir os seus caminhos.

Nossos filhos fazem as mesmas escolhas.

As primeiras lições de uma criança são pelo exemplo e não pelo ensino. Elas provavelmente ficarão mais ternas e contritas ao serem castigadas, quando puderem ver seu pai fazendo o mesmo quando falha.

PAIS... VENÇAM PELO EXEMPLO... FELIZ DIA DOS PAIS... DEUS OS ABENÇOE SEMPRE.

Pr. Dalmo Dourado - ITNJ 

terça-feira, 19 de junho de 2012

AS RESPOSTAS DE DEUS

AS RESPOSTAS DE DEUS

 Texto Base: SALMO 91:15 "Ele me invocará e Eu lhe responderei; na angústia Eu estarei com ele,livra-lo-ei, e o glorificarei."

A Bíblia Sagrada trata das respostas de Deus aos seus filhos. De alguma forma elas são enormes e surpreendentes e muitas delas são decepcionantes à mente humana, mas gloriosamente beneficentes à vida no tempo e na eternidade.

*DEUS nos responde quando:
-PEDIMOS PACIÊNCIA - ROMANOS 05:03 "E não somente isto, mas também nos gloriemos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança".
-LEMBRE-SE: Quando pedimos PACIÊNCIA vêm a TRIBULAÇÃO, pois, é pela tribulação que vêm a paciência.

*DEUS nos responde quando:
-PEDIMOS SUBMISSÃO - HEBREUS 05:07 e 08 "Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrimas, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte, e tendo sido ouvido por causa da sua piedade.
-Embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas cousas que sofreu."
-LEMBRE-SE: Quando pedimos SUBMISSÃO (OBEDIÊNCIA), vêm o SOFRIMENTO, pois, é pelo sofrimento que nos tornamos submissos e obedientes.

*DEUS nos responde quando:
-PEDIMOS VITÓRIA - 1a. JOÃO 05:04 "Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé."
-LEMBRE-SE: Quando pedimos VITÓRIA, vêm LUTAS  e TENTAÇÕES, pois, é pelas lutas e as tentações que obtemos as vitórias.

* DEUS nos responde quando:
-PEDIMOS COMUNHÃO: ISAÍAS 51:02 "Olhai para Abraão vosso pai, e para Sara, que vos deu a luz; porque era ele único, quando eu o chamei, o abençoei e o multiplicarei."
-LEMBRE-SE: Quando pedimos mais COMUNHÃO com Deus, logo se quebram os laços humanos e naturais, porque é desprendido aqui que podemos andar sozinhos com Ele.

*DEUS nos responde quando:
-PEDIMOS FORÇA - 2a. CORÍNTIOS 12:09 "Então me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza, De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo."
-LEMBRE-SE: Quando pedimos FORÇAS, surgem FRAQUEZAS, porque é na nossa fraqueza que o poder divino se aperfeiçoa.

PORTANTO: Paciência, Submissão, Vitória, Comunhão e Força, somente Deus pode nos conceder através das tribulações, dos sofrimentos, das lutas e tentações, do desprendimento humano e das fraquezas.

Deus nos ajude a entender os Seus plano. 
Fiquem na paz de Jesus.

Pr. Dalmo - ITNJ  

sexta-feira, 1 de junho de 2012

VOLTANDO...............


Após um intervalo de tempo longe do blog, voltei para dizer que Deus continua o mesmo, a Sua Palavra continua a mesma (firme e forte) e Espírito Santo continua o mesmo, atuando com maestria e poder no convencimento do homem do seu estado de miséria.
Os crentes??? Ahhhh, os crestes!!!! estes sim não podemos afirmar o mesmo. Homens, mulheres, jovens, adolescentes e crianças. Todos mudando com uma velocidade.....
Ainda bem que Deus nunca muda e nos garante uma vida eterna abençoada e feliz.
Deus abençoe a todos... faculdade em greve de professores... a matemática, física, química, botânica, zoologia, geologia, etc... tudo ali esperando por nós bravos estudantes de Engenharia Florestal... rssss.
Em breve novos posts para todos nós.

Fiquem na paz de Jesus.

Pr. Dalmo Dourado 

domingo, 8 de abril de 2012

Mulheres sempre conseguem um tempo a mais...

Uma nova turma do curso básico de teologia e missões no núcleo da Igreja Evangélica Espaço de Fé e Comunhão.

Porém esta não é mais uma turma - é uma turma especial; esta turma e formada por mulheres; mulheres que dedicam as tardes de domingo a aprender mais, questionando; opinando; estudando e trazendo grande contribuição para o ITNJ.

Estamos muito felizes com estas mulheres corajosas; que além das atribuições dominicais com suas familias e igreja ainda aceitaram mais este desafio: Estudar Teologia nas tardes de domingo.

Alunas do curso básico de teologia e missões.

Usando exemplos bíblicos neste grupo temos uma mistura de Marta e Maria em cada uma delas pois executam suas tarefas diárias e conseguem também parar para escutar mais sobre a Palavra de Deus.
Que Deus abençõe a todas, juntos chegaremos a mais uma belíssima formatura.
Pr. Dalmo M. Dourado

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A MORTE QUE TROUXE AOS HOMENS A VITÓRIA E A VIDA ETERNA

1a. CORÍNTIOS 05:07 "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós."

      O apóstolo Paulo truxe este conselho a igreja de Corinto. Ele repreendeu e exortou os crentes para o segredo da verdadeira páscoa e com isto, estava revelando o segredo da morte e ressurreição de Cristo.

     Todos nós temos um problema em comum, que se chama pelo nome de MORTE.
     Sejam da raça que for. Sejam da religião que for. Abastados ou não. Até mesmo os incrédulos ou ateus. Enfim, todos um dia terão que enfrentar a morte.
     Temos aqui uma pergunta básica e simples: Você já pensou para onde irás após morrer? Ou seja: Onde irás passar a eternidade?
     Quem sabe a tua correria diária não permitiu que parasse e penssase nisso. Ou é o medo da morte que te afasta desta pergunta cruél e certa?

     No dia de hoje os cristãos do mundo inteiro reverenciam a morte do Cordeiro de Deus? De Jesus, o Cristo, que deu a sua própria vida em sacrifício por todos os homens.

     No Livros de ISAÍAS 53 nós encontramos a predição da sua morte para que todos nós pudéssemos ser salvos. O seu sacrifício não foi em vão, portanto, vivamos o dia de hoje com a alegria e a certeza de que a morte de Cristo foi necessária para que alcancemos a salvação eterna.

    Deus ricamente abençoe a todos neste dia.

     Fiquem na paz de Jesus.

     Pr. Dalmo Dourado - ITNJ 

quinta-feira, 29 de março de 2012

UM NOVO TEMPO DE DEUS PARA VOCÊ

O TEMPO DE DEUS EM SUA VIDA



TB – SALMO 23:2 “Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.”

- MATEUS 11:29 “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para a vossa alma.”



Deus não economiza milagres para você.”



1) É impossível colocar vinho novo em odres velhos – MARCOS 2:22 “E ninguém coloca vinho novo em odres velhos, do contrário, o vinho novo rompe os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser posto em odres novos.”

2) Tem que saber esperar – SALMO 40:01 “Esperei com paciência no SENHOR, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.”

3) Confie no Senhor – PROVÉRBIOS 3:5 “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento.”

4) Descanse em DEUS – SALMO 145:15 “Os olhos de todos esperam em Ti, e tu lhes dás o seu mantimento a seu tempo.”

Deus abençoe você.

Pr. Dalmo Dourado















quarta-feira, 14 de março de 2012

A UNIVERSIDADE TÁ MUITO BOA

Aos meus amigos do blog:

Estamos meio ausentes nas publicações em virtude do início das aulas no meu curso de Engenharia Florestal na UNIPAMPA.

Está muito bom. É um curso de muita qualidade e têm mistério de Deus nisto tudo para a minha vida.

Nos próximos dias estaremos retomando as publicações.

Estamos em plena atividade com o Instituto Teológico Nova Jerusalém com duas novas turmas do Curso Básico de Teologia e Missões (Portão - Estância Velha - São Sebastião do Cai na Assembléia de Deus Ministério União e São Gabriel na Ig. Ev. Espaço de Fé e Comunhão).

Deus é Fiél... não desisto jamais. Os planos de Deus para a nossa vida são eternos.

Fiquem na paz de Jesus.

Pr. Dalmo Dourado.

domingo, 4 de março de 2012

RECEBENDO O DOM DA FÉ

LUCAS 24:31 e 32 "Então, se lhes abriram os olhos, e o reconheceram; mas Ele desapareceu da presença deles.
- E disseram um ao outro: Por ventura, não nos ardia o coração, quando Ele, pelo caminho, nos falava, quando nos expunha as Escrituras?"

   Dois homens estavam viajando pelo caminho que vai de Jerusalém a Emaús, alguns poucos dias após a morte de Jesus. Ele sabiam quem era Jesus e provavelmente presenciaram seu julgamento público e sua crucificação. E, visto que não tinham falado com nenhum dos que haviam visto o Cristo ressurreto eles estavam certos de que Ele ainda estava morto.

    Quando eles descreveram Jesus, eles O chamaram de "profeta". Em função dos recentes acontecimentos, eles pararam por um tempo de chamá-lo de Messias. Esses homens estavam em algum lugar, entre "não ter fé" e "ter a fé salvadora". Mais tarde, "se lhes abriram os olhos, e O reconheceram", e se apressaram em voltar para Jerusalém para descobrir o que realmente tinha acontecido.

   Você, alguma vez como estes dois homens, já passou por um momento difícil em sua vida de fé? Você seria capz de ver alguma relação entre a situação em que eles se encontravam e a sua fé? Você têm a tendência de olhar para situações impressionantes e concluir que os fatos depõem contra você? às vezes, voc~e fica tão confuso e inseguro que é difícil crer?

   Exatamente alguns poucos anos depois que esses homens concluiram sua viajem a Emaús, o Apóstolo paulo escreveu: "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem d3e vós; é dom de Deus" - Efésios 2:8. Esta história a respeito de Deus abrir os olhos da fé é verdade. Visto que ela faz parte da graça de Deus, a fé é uma dádiva.

   Que a sua fé seja simples e efetiva. Que sua confiança sempre seja em Deus e somente Nele.

   Fiquem na paz de Jesus.

   Pr. dalmo M. Dourado - ITNJ 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O DOM MINISTERIAL DE MESTRE

   O termo mestre, como aparece em EFÉSIOS 4:11. significa literalmente ensinador. O próprio termo implica ensinar segundo os processos e métodos didáticos, apelando para as faculdades lógicas da mente, da razão.
   Deus usa a mente do mestre. O mestre bíblico ocupa-se da doutrina, do ensino bíblico, portanto, necessita dos dons da ciência e da sabedoria. Outro detalhe sobre esse ministério é que ele é, biblicamente falando, itinerante como o de evangelista.
   É importante explicar aqui a má compreensão de 1a. JOÃO 3:20, 27, quanto ao ministério do mestre. Esses textos dizem: "E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo (...). É a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis".
   A explicação da suposta dificuldade está no versículo 26: "Estas coisas vos escrevi acerca dos que vos enganam". O que João está querendo dizer é que o crente não precisa dos que ensinam doutrinas extrabíblicas. Esse "alguém que vos ensine" trata-se "dos que vos enganam".
   A Bíblia é, acima de tudo, um livro de doutrinas que precisa ser estudado, compreendido e exposto a unção do Espírito Santo.
   Por doutrina bíblica entende-se o ensino bíblico sistematizado. Nenhuma doutrina aparece sistematizada na Bíblia, isto é, organizada, desdobrada, esboçada. Nem aparece isolada em um só lugar. Essa sistematização procede da classificação e conceituação do ensino ou princípio bíblico. Quanto mais completa for essa sistematização, mais completo será o estudo dessa doutrina.
   O mestre deve aprofundar-se nas ciências bíblicas, exegese e hermenêutica, sem jamais deixar de depender do Espírito Santo para capacitá-lo e dirigí-lo no preparo de estudos e sermões, e na exposição da Palavra.
   Não se conhece entre nós muitas igrejas que sustentam os mestres para exercício do ministério de ensino, assim como sustentam seus pastores, se bem que todo pastor também deve ensinar pela natureza do seus cargo.
   O resultado disso é crise, pobreza e problemas na área do ensino da Palavra.

   A minha oração diária é: "Deus, multiplique o número de mestres no meio da Sua igreja".

   Fiquem na paz de Jesus,

   Pr. Dalmo Dourado - ITNJ

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

O DOM MINISTERIAL DE PASTOR

   O verdadeiro pastorado é um dom de Deus para ser exercido, e não primeiramente um cargo para ser ocupado. O pastor pode também vir a ocupar o cargo de presidente da igreja. Se realmente o Senhor lhe concedeu o dom ministerial de pastor, e ele também for colocado por Deus para presidir a igreja, o seu ministério vem do DOM e o seu cargo através da sua eleição.
   As atividades do pastor englobam as funções de pastoreio, pregador, mestre, administrador e conselheiro.
   Como pastor, entende-se que esse ministério é um cargo ligado às ovelhas. O termo pastor, no original, significa aquele que cuida e guarda as ovelhas. Esse é o ministério que está mais relacionado a elas. O profeta "traz" Deus ao povo; o pastor "leva" o povo a Deus (ÊXODO 19:17).
   A função do pastor, como ministério recebido de Deus, compreende:

a) Dirigir, presidir e administrar o rebanho do Senhor: Sem isso, as ovelhas se desviarão.

b) Doutrinar: Para isso, o pastor precisa ser um estudante dedicado da Palavra de Deus, especialmente no que concerne à Teologia Sistemática. Um grande segredo do progresso no ministério pastoral está em doutrinar. Aqui, é preciso cuidado para não instituir "doutrinas de homens" (COLOSSENSES 2:22). O pastor, pela natureza do seu trabalho, está muito ligado ao ensino bíblico (ATOS 21:15 à 17).

c) Proteger: Se o pastor não fizer essa parte, muitas ovelhas cairão vítimas de todo tipo de males.

d) Tratar das ovelhas: Muitas caem doentes espiritualmente.

e) Alimentar as ovelhas: Uma ovelha faminta segue qualquer outro lider, além de outros males que lhe atingem.

f) Visitar: É outra função, exercida diretamente ou através de comissões.

g) Disciplinar: O termo disciplina envolve primeiramente o sentido de instrução, admoestação e correção, e não o de castigo e punição. para fazer tudo isso, o pastor precisa estar sempre cheio do amor de Deus pelas ovelhas, pelos perdidos, pelos fracos e faltosos, por todos.

   Como pregador, entende-se que o ministério pastoral também está ligado aos pecadores. Pregar é um encargo do pastor relacionado aos pecadores. Como mestre, compreende-se que o ministério pastoral inclui o encargo de educador, doutrinador e ensinador. Como administrador, o pastor tem o encargo de dirigir e presidir. Como conselheiro, um encargo de ordem pessoal.

   Um exemplo de pastor nas páginas do Novo Testamento é Tiago (ATOS 15:13 e 21:18). Diz á tradição que seus joelhos eram calejados como os de um camelo, de tanto orar ajoelhado.
   As necessidades do pastor estão bem resumidas em JEREMIAS 3:15 "E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com ciência e inteligência". Jesus foi o maior exemplo de pastor. Sobre esse seu ministério, Isaías profetizou: "Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos, e os levará no seu regaço; as que amamentam, Ele guiará mansamente" (ISAÍAS 40:11). 

   Jesus afirmou: "Eu sou o bom pastor: o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas" (JOÃO 10:11).

   Depois dessa explanação, você ainda quer ser um pastor?

   Deus abençoe a todos. Fiquem na paz de Jesus.

   Pr. Dalmo Dourado - ITNJ 

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

DEUS É FIÉL

NAUM 01:07 "O Senhor Deus é bom, é fortaleza na hora da angústia e conhece os que confiam Nele".

   Hoje é um dia feliz para mim... cheguei ao ápice de uma batalha e a concretização de um sonho.
   Sonhar com Deus, é ter a certeza de uma grande realização.
   Agradeço ao meu Deus por me abençoar e permitir que eu
tenha a oportunidade de estudar mais um pouquinho.

   Para todos que nos acompanham na caminhada, realizei minha matrícula e já sou um dos mais novos ACADÊMICOS DE ENGENHARIA FLORESTAL da Universidade Federal do Pampa no Campus de São Gabriel-RS.

   No mês de Dezembro/2011... quando estava pregando na cidade de Dom Pedrito... fui levado a proferir uma mensagem profética para mim mesmo, na qual, Deus me impulcionava a dizer ao povo que eu conseguiria uma vaga no curso de Engenharia no qual estava pleiteando a referida vaga... Deus é Fiél e a mensagem profética está cumprida.
  
   Quero com muita humildade dizer a todos os meus irmãos e amigos... Deus se preciso for, levantar-se-á do seu trono para cumprir em nós as suas promessas.
   Não desanimem nunca... sigam em frente... lutar é possível... vencer batalhas é só para os valentes.

   Um forte abraço a todos que oram e torcem por nós... estamos nas mãos de Deus e somos muito mais do que vencedores através Daquele que nos ama (O NOSSO BOM DEUS).

   Fiquem na paz de Jesus,

   Pr. Dalmo Dourado

domingo, 5 de fevereiro de 2012

O DOM MINISTERIAL DE EVANGELISTA

   O vocábulo evangelista significa no original mensagem de boas novas. O autêntico ministro evangelista, chamado por Deus e colocado por Ele no ministério, não deve exercer o apostolado. Seu ministério deve ser itinerante. É só atentarmos para Felipe em Atos 8, principalmente para o último versículo: "E Felipe se achou em Azoto, e, indo passando, anunciava o Evangelho em todas as cidades, até que chegou a Cesaréia". 
   O professor da Escola Bíblica tem a visão de uma classe de alunos; o pastor tem a visão de sua congregação, seu campo de trabalho; o evangelista tem a visão regional e mundial. Sua paixão é o mundo para Cristo!
   A mensagem do evangelista é "Vinde ao Senhor"; a do profeta é "Permanecei no Senhor". Veja o exemplo de Barnabé como profeta: "O qual, quando chegou, e viu a graça de Deus, se alegrou, e exortou a todos a que permanecessem no Senhor com propósito do coração" (Atos 11:23).
   Em síntese, as diferenças entre profeta, evangelista e mestre são as seguintes: O profeta move o coração, a consciência do povo. Ele apela ao sentimento. O evangelista leva o povo a uma decisão diante de Deus. Ele apela à vontade. O mestre intrui o povo, a congregação, no caminho do Senhor, na Palavra de Deus, na doutrina bíblica. Ele apela à mente. Deus pode conceder a um mesmo ministro mais de um ministério ou dom ministerial.
   O evangelista não deve ser um obreiro neófito, como o ministério de evangelista fosse um início de "carreira". Veja o exemplo de Felipe mais uma vez. Em Atos 8:5 á 8 e 13 à 40, no começo de seu ministério, o encontramos em pleno exercício. Em Atos 21:8, encontramos Felipe em plena atividade ainda.
   O evangelista deve ter um conhecimento sistemático das doutrinas da Bíblia, especialmente aquelas ligadas ao exercício do seu ministério. Algumas das doutrinas e ensinos que o evangelista precisa conhecer são a doutrina da salvação, que por sua vez abrange em si um grupo de doutrinas; a doutrina da fé, o discipulado cristão, começando com a integração dos novos convertidos; milagres, sinais e prodígios, como em Atos 2:22; o batismo no Espírito Santo; e os dons e o fruto do Espírito. Ele também deve estudar muito homilética, exegese e hermenêutica. Tanto o profeta como o evangelista, como mensageiros de Deus, usam muito a imaginação. Jeremias e Ezequiel são exemplos. Jeremias com o cinto (Jeremias 13) e Ezequiel com o tijolo e a panela (Ezequiel 4:1 e 24:3).
   O tema principal do evangelista é a salvação dos perdidos e a volta dos desviados. Ele também promove o avivamento espiritual dos crentes. Onde não vemos nada da Bíblia sobre Salvação, o evangelista vê pelo Espírito, e ali prega! Para ele, parece que a Bíblia só contém a mensagem da Salvação. É interessante como o ministério evangelístico e a música são tão relacionados.
   O autêntico ministério de evangelista é concedido por Jesus, nunca imposto pelos homens. Pelo fato de certos "evangelistas" não terem esse ministério, os tais usam malabarismos, trejeitos, mecanismo, emocionalismo e até truques diante do povo. Se bem que pode haver muito disso em um evangelista imaturo.
   Paulo também era evangelista (1a. Coríntios 1:17). Até a inscrição de uma placa serviu de tema de sermão para ele (Atos 17:23 "Porque, passando eu e vendo os vossos santuários, achei também um altar em que estava escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Esse, pois, que vós honrais não o conhecendo é o que eu vos anuncio").

   Faça uma reflexão... você pode ser um(a) evangelista????

   Deus os abençoe.

   Pr. Dalmo Dourado - ITNJ

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O DOM MINISTERIAL DE PROFETA

   O têrmo profeta significa literalmente porta-voz (Lucas 1:70 e Êxodo 7:2, 3) Se quisermos entender este ministério, é preciso antes compreendermos, a diferença entre dom de profecia ou o ofício ou ministério profético.
   O dom de profecia é para todos: "Todos podereis profetizar" (1a. Coríntios 14:31). O ministério profético, não: "São todos profetas?" (1a. Coríntios 12:29).
   O ministério profético é exercido através de um ministro dado por Deus à Igreja. O dom de profecia é uma capacitação sobrenatural do Espírito Santo concedida a uma pessoa do povo para transmitir a mensagem divina. No ministério profético, Deus usa principalmente a mente do profeta; no dom de profecia, O Senhor usa principalmente o aparelho fonador da pessoa.
   O profeta é um pregador especial, com mensagem especial. Sua mensagem apela a consciência da pessoa em relação a Deus, a si própria, ao pecado e à santidade. Vemos isso nos profetas do Antigo testamento. É só conferirmos as mensagens dos livros proféticos. Nas páginas do Novo Testamento, podemos ver isso em profetas como Silas (Atos 15:31) e Ágabo (Atos 21:10).
   O profeta de Deus é também um intercessor diante do Senhor pelos homens, pela obra, etc. (Gênesis 20:7). O forte do profeta de Deus é expor os padrões da justiça divina para o povo. Ele é um arauto da santidade de Deus. Com autoridade e unção divinas, está sempre a condenar o pecado (Isaías 58:1). Seu espírito ferve com isso e ele geme por isso, pois para isso foi chamado. A igreja precisa muito desse ministério para os dias atuais.
   A Palavra de Deus sai da boca do profeta como flechas de fogo divino! João 5:35 diz de João Batista, o profeta: "Ele era a candeia que ardia". O profeta de Deus faz o homem carnal extremecer, parar e considerar o seu mau caminho.
   A profecia, como estamos tratando aqui, é uma mensagem sobrenaturalmente inspirada ou revelada da parte de Deus. A mensagem proféetica vem do Espírito Santo através da fé (Romanos 12:6). Portanto, o ministério profético é um ministério de fé.
   Duas curiosidades sobre os profetas de Deus na Bíblia: dois deles nas páginas do Novo Testamento eram também apóstolos: Barnabé e Saulo (Atos 13:1); e há um alerta de Deus para o povo a respeito deles: "Não toqueis nos meus ungidos, e não maltrateis os meus profetas" (Salmo 105:15).
   Nos tempos bíblicos havia falsos profetas: "E veio a mim a Palavra do Senhor, dizendo: Filho do Homem, profetiza contra os profetas de Israel que são profetizadores, e dize aos que só profetizam o que vê o seu coração: Ouvi a JPalavra do Senhor: Assim diz o Senhor Jeová: Ai dos profetas loucos, que seguem o seu próprio espírito e coisas que não viram" (Ezequiel 13:1 á 3). Como naqueles tempos, ainda há falsos profetas.

   Deus os use com a verdadeira profecia: a Palavra de Deus, mas, se o sobrenatural do Espírito Santo vier em você, use o dom que Deus te dá.

   Fiquem na paz de Jesus.

   Pr. Dalmo Dourado - ITNJ

sábado, 28 de janeiro de 2012

OS DONS MINISTERIAIS

   VOU POSTAR NOS PRÓXIMOS DIAS VÁRIAS PUBLICAÇÕES SOBRE OS DONS ESPIRITUAIS:

EFÉSIOS 4:11 "E Ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores".

1o.) O DOM MINISTERIAL DE APÓSTOLO - O termo APÓSTOLO significa literalmente enviado. No original, o verbo e o substantivo aparecem em versículos aos HEBREUS 3:1; JOÃO 20:21; MATEUS 10:15; LUCAS 6:13; ATOS 13:4; ATOS 14:14; GÁLATAS 1:1,19; ROMANOS 16:7; 2o. CORÍNTIOS 8:23 e FILIPENSES 2:25.
    Nos dois últimos textos o termo não aparece no sentido ministerial.
     O APÓSTOLO é a mais alta ordem na escala de ofícios do ministério nas páginas do Novo Testamento (1o. Coríntios 12:28; Efésios 3:5 e Efésios 4:11).
     A diferença de ministério entre o Apóstolo e o Evangelista está bem definida em Atos 8, na evangelização de Samaria. No ministério de Felipe como Evangelista, destaca-se a pregação e a conversão dos pecadores (Atos 8:5 à 13). No ministério de Pedro e João como apóstolos, destacam-se o estabelecimento firme da obra e a consolidação dos resultados da evangelização (Atos 8:14, 25).
     De fato, em Gálatas 2:9, Pedro e João, apóstolos, são tidos como colunas.
     Os apóstolos têm sua liderança espiritual confirmada por provas e sinais (2o. Coríntios 12:12). Eles lançam os fundamentos iniciais de uma obra através da doutrina e da liderança (1o. Coríntios 3:10 e Efésios 2:20). São eles que estabelecem, no início do trabalho, os fundamentos da doutrina (Atos 2:42) e proveem a adequada liderança espiritual.
     O apóstolo vela com cuidado pela obra, no sentido geral e coletivo inclui viagens e comunicação constante com a obra. Vemos isso no livro de Atos, nas epístolas e através da História da Igreja. Os apóstolos, em virtude de sua missão, eram móveis. Não se fixavam em um lugar. Eram Embaixadores de Deus.
     O ministério apostólico também é caracterizado pela elevada autoridade conferida pelo Senhor (Atos 1:2 e 2o. Pedro 3:2). A autoridade apostólica está sobre todos os demais ministérios (1o. Coríntios 12:28). Nesse sentido, os apóstolos são "LIVRES" para executarem serviços especiais de grande importância na Igreja (1o. Coríntios 9:11).
     Os doze apóstolos do Cordeiro formam um grupo distinto (Judas 17). Eles colocaram o alicerce da Igreja (Efésios 2;20 e Apocalipse 21:14). São apóstolos num sentido único.
     Alguns exemplos de apóstolos da Igreja independente do grupo dos doze chamados apóstolos do Senhor: PAULO e BARNABÉ (Atos 14;14), Andrônico e Junias (Romanos 16:7), e Tiago, irmão do Senhor (Gálatas 1:19).
     O próprio Paulo se declara apóstolo em Romanos 1:1 e Coríntios 1:1.

     Nas próximas publicações abordaremos um a um, os ministérios de: Profeta, Evangelista, Pastor e Mestre.

     Deus os abençoe através destas publicações.

     Fiquem na paz de Jesus.

     Pr. Dalmo M. Dourado - ITNJ   

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

LAÇO PARTIDO

   SALMO 124 "Se não fora o Senhor, que essteve no nosso lado, ora, diga Israel:
. Se não fora o Senhor, que esteve ao nosso lado, quando os homens se levantaram contra nós,
. eles, então, nos teriam engolido vivos, quando a sua ira se estendeu contra nós;
. então, as águas teriam transbordado contra nós, e a corrente teria passado sobre a nossa alma;
. então as águas altivas teriam passado sobre a nossa alma.
. Bendito seja o Senhor, que não nos deu por presa aos seus dentes.
. A nossa alma escapou, como um pássaro dos laços dos passarinheiros; o laço quebrou-se, e nós escapamos.
. O nosso socorro está no nome do Senhor, que fez o céu e a terra."

   ONDE ESTÁ DEUS?

   Você já se sentiu preso pelas circunstâncias da vida? Já se perguntou onde Deus está e porque não respondeu as suas orações? Você não é o único.
   GIDEÃO perguntou: "se o Senhor é conosco, porque tudo isto sobreveio?" - JUIZES 6:13.
   ELIAS se lamentou: "Já basta, ó Senhor, toma agora a minha vida, porque não sou melhor do que meus pais." - 1o. REIS 9:4.
   Até mesmo Jesus, pendurado na cruz, clamou: "Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?" - MATEUS 27:46.
   Quando Davi se sentiu preso por um laço, o Senhor o resgatou.

   QUANDO DEUS NOS TESTA - Em certos momentos, Deus afasta a sua presença consciente de nós para ver como reagimos. Ou então testa a nossa fé pedindo algo difícil para nós. Deus testou Abraão dessa forma ao pedir que sacrificasse o seu filho Isaque. Abraão podia obedecer ou racionalizar, afirmando que Deus estava pedindo muito. Mas Abraão obedeceu. Ele forçou o seu eu emocional a obedecer às convicções de sua fé. Abraão sabia que a melhor maneira de escapar de um laço era ser obediente a Deus.

   A SAÍDA É A FÉ OBEDIENTE - Às vezes, sentimo-nos como se estivéssemos em um laço, porque as pessoas se põem contra nós. Em outros momentos, sentimo-nos assim por causa dos testes que Deus nos aplica. Há ocasiões em que nós estamos nos colocando em laços ao cairmos em tentação. De que modo a nossa fé pode nos ajudar? A fé nos lembra de que Deus é sempre fiél e verdadeiro e de que Ele sempre tem os seus olhos sobre nossa situação. Se queremos primeiramente entender Deus para então lhe obedecer, Então nunca obedeceremos a Deus
   Obedecer àquilo é apenas concordar com Deus. Obedecer mesmo quando não entendemos é obediência por fé.

   A obediência pela fé nos leva a entender os caminhos e a sabedoria de Deus.

   Você está dentro de um laço?
   Parece que Deus está tão distante e em silêncio naqueles momentos em que você quer desesperadamente ouvir a sua voz?

   "Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus; serei exaltado entre as nações; serei exaltado sobre a terra." SALMO 46:10

   Deus nunca o deixará nem o desamparará. Olhe para os montes e veja que Deus está lá, esperando, e saiba que Ele o preservará.

   "O nosso socorro está em O Nome do Senhor, que fez o céu e a terra." SALMO 124:8

   EU VOU LIBERTÁ-LO - Quando voc~e estiver num laço, olhe para Jesus. Ele lhe dará o poder para resistir. Ouça a sua voz dizendo: "Esse é o caminho; andai nele." ISAÍAS 30:21.
   Veja as suas mãos feridas pelos cravos, quebrarem o laço e libertá-lo.

   Deus os abençoe a ver Deus e esperar NELE.

   Fiquem na paz de Jesus.

   Pr. Dalmo M. Dourado. 

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

RETROPESCTIVA 2011

O HOMEM DE DEUS:

JANEIRO DE 2011
1) Feliz pelo novo ano;
2) Planejando as Tarefas;
3) Pensando nas almas;
4) Querendo vencer;
5) Pouco descanso.

O HOMEM SEM DEUS - JANEIRO DE 2011
1) Incerteza pelo futuro;
2) Vivendo a vida;
3) Pensando em si mesmo;
4) Levando a vida;
5) Muito lazer.

O HOMEM DE DEUS - FEVEREIRO DE 2011
1) Olhando e pensando a igreja;
2) Começando os trabalhos;
3) Sendo servo de Deus;
4) Obedecendo o IDE;
5) Sendo fiél a Deus.

O HOMEM SEM DEUS - FEVEREIRO DE 2011
1) Vivendo o grupo fechado;
2) Continuando as festas;
3) Sendo servo do pecado;
4) Ir ou vir, tanto faz;
5) Servir a Deus é apenas um detalhe sem importância.

O HOMEM DE DEUS - MARÇO DE 2011
1) Se lançando na seara do Mestre;
2) Consagrando para Deus;
3) Gemendo com Cristo;
4) Voltando as origens;
5) Estudando a Palavra de Deus.

O HOMEM SEM DEUS - MARÇO DE 2011
1) Voltando a vida de fadiga;
2) Vivendo o carnaval;
3) Extravazando a carne;
4) Seguindo a mesmice;
5) Mente vazia de Deus.

O HOMEM DE DEUS - ABRIL DE 2011
1) Relembrando o sacrifício de Cristo;
2) Cultuando a Jesus;
3) Tendo a certeza da salavação;
4) Pregando o evangelho sem parar;
5) Ganhando almas para Jesus.

O HOMEM SEM DEUS - ABRIL DE 2011
1) Vivendo as comilanças da páscoa;
2)  Gastando em presentes;
3) Sem rumo e sem salvação;
4) Ocupando-se com as coisas da vida;
5) Perdendo a sua alma para o mundo.

O HOMEM COM DEUS - MAIO DE 2011
1) Mês de expectativas e realizações;
2) Mães cristãs felizes;
3) Noivas na direção de Deus;
4) As nações cristãs buscando a vitória;
5) Povo de Deus feliz em suas realizações.

O HOMEM SEM DEUS - MAIO DE 2011
1) Mês de angústia para realizar mais e mais;
2) Mães não cristão sem esperança e infelizes;
3) Noivas na sua própria direção;
4) Nações sem Deus numa verdadeira incógnita;
5) Povo sem Deus insatisfeitos em seus empreendimentos

O HOMEM COM DEUS - JUNHO DE 2011
1) Cumprindo etapas com Deus;
2) Sentindo o prazer de ser cristão;
3) Fazendo planos para o futuro;
4) Buscando o aperfeiçoamento da alma;
5) Meio ano de reais situações com Deus.

O HOMEM SEM DEUS - JUNHO DE 2011
1) Vivendo etapas no acaso;
2) Expectando a vida que vai passando;
3) Deixando os dias passarem;
4) Acumulando anseios na alma;
5) Meio ano de interrogações sem respostas.

O HOMEM COM DEUS - JULHO DE 2011
1) Dando graças a Deus pelo dom da vida;
2) Buscando em Deus as respostas necessárias;
3) Doando-se para a obra de Deus;
4) Sendo obediente a Palavra de Deus;
5) Tendo acerteza do amanhã feliz.

O HOMEM SEM DEUS - JULHO DE 2011
1) As vezes maldizendo a vida;
2) Tendo achar resposta em tudo;
3) Escravizando-se pelo materialismo;
4) Traindo até as suas próprias palavras;
5) Adivinhando o que vai acontecer no amanhã.

O HOMEM COM DEUS - AGOSTO DE 2011
1) Para o cristão é o mês do bom gosto;
2) Olhando para Jesus a espera da sua redenção;
3) Apressando-se em busca do bem;
4) Tem seus propósitos definidos;
5) Sendo o melhor para Deus.

O HOMEM SEM DEUS - AGOSTO DE 2011
1) Para o não cristão o mês do desgosto;
2) Olhando sem direção;
3) Apressando seus dias para o mal;
4) Com muitas interrogações;
5) Querendo sempre o melhor para si.

O HOMEM COM DEUS - SETEMBRO DE 2011
1) Contando o que já ganhou com Deus;
2) Com as mãos cheias de almas;
3) Incentivado segue em frente;
4) Deseja alcançar as nações para Deus;
5) Segue em frente feliz.

O HOMEM SEM DEUS - SETEMBRO DE 2011
1) Contando o que já perdeu sem Deus;
2) Sem nada em suas mãos;
3) Morimbundo se põe a pensar;
4) Não sabe o que fazer;
5) Fica estático sem direção.

O HOMEM COM DEUS - OUTUBRO DE 2011
1) Se alegra com as mínimas coisas;
2) Está satisfeito pelo que Deus lhe deu.
3) A felicidade lhe completa;
4) Com Jesus já é vencedor;
5) Sabe que é um ano de bençãos.

O HOMEM SEM DEUS - OUTUBRO DE 2011
1) Anda em busca de grandes realizações;
2) Ancioso que cada vez mais;
3) A infelicidade lhe destrói;
4) Sem Deus já está derrotado;
5) Já não consegue contar seus prejuizos.

O HOMEM COM DEUS - NOVEMBRO DE 2011
1) É quase fim de ano e está abençoado;
2) Já consegui vencer quase todos os obstáculos;
3) Está feliz e abençoado;
4) Mais um ano com Deus;
5) Já está vendo a vitória.

O HOMEM SEM DEUS - NOVEMBRO DE 2011
1) Que desespero!!! Já é o fim do ano!!!
2) Ainda não fez nada;
3) Está preocupado e a tristeza lhe destrói;
4) Mais um ano sem Deus;
5) Será mais um ano de derrotas???

O HOMEM COM DEUS - DEZEMBRO DE 2011
1) É hora de reflexão e revisão;
2) Agradecendo a Deus por tudo;
3) Está de cabeça erguida;
4) Diz: "Em Deus, sou muito mais do que vencedor".
5) Está feliz na certeza da salvação.

O HOMEM SEM DEUS - DEZEMBRO DE 2011
1) Ainda não realizou nada;
2) O que têm que possa agradecer?
3) Está meio decepcionado e cabisbaixo;
4) Como é possível vencer sem Deus???
5) É possível obter a salvação sem Jesus???


BALANÇO GERAL:

Com Deus podemos ter a certeza de estarmos no caminho certo... sem Deus, o rumo é incerto.

FELIZ 2012 a todos... que DEUS os abençoe sempre.

UM ABRAÇO.

Pr. Dalmo M. Dourado - ITNJ
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...